O Vôlei como metodologia de ensino

Veja uma forma de oferecer às crianças uma forma prazerosa de conhecer seus limites e gosto pelo esporte.

Seguindo os princípios pedagógicos, quando o esporte segue uma base de organização didática, as atividades motoras proporcionam uma aprendizagem jogando, de forma a não se tornar repetitivo, mas sim que o processo de ensino seja natural. Com a interação dos preceitos táticos, técnicos, físicos e psicológicos, que é fundamental para o desenvolvimento do aluno, as propostas de ensino educacional com o voleibol devem se preocupar principalmente com a aprendizagem, mas também com a afeição do aluno pelo esporte.

Afinal, um dos mais importantes fatores que levam a criança ou o jovem a procurar por um esporte é o desenvolvimento do conhecimento, da criatividade e do auto desenvolvimento, a fim de aprimorar suas habilidades motoras com algo que o agrade. Para isso, o professor deve sempre facilitar o ensinamento de forma a motivar o aluno

Foto de: Camila Portela

Contudo, para ocorrer o aprendizado, deve-se linkar a motivação com a didática. E, quando nos referimos a aprendizagem, precisamos englobar 3 importantes fatores:

  1. Cognitivo

Conhecimento técnico do voleibol: regras, técnicas, táticas e fundamentos básicos.

2. Motor

Realizar os fundamentos do vôlei e colocar em prática todo o conhecimento anteriormente adquirido. Para trabalhar este fator importante, ele deve ser separado em três fases:

  • Cognitivo

Momento inicial, onde o aluno comete diversos erros repetidamente e o professor oferece novas informações a cada vez, com objetivo de fornecer os primeiros entendimentos do aluno para com o vôlei.

  • Associativo

O entendimento do aluno já é maior ao ponto dele conseguir identificar os próprios erros. Então, aprimora seus fundamentos e consegue realizar com maior clareza e entendimento junto do suporte oferecido pelo professor.

  • Autônomo

Nesta fase, as habilidades de jogo já estão refinadas e automáticas, conseguindo realizar mais de uma ação por vez e com qualidade.

3. Afetivo

Momento de lembrar que o jogo é coletivo. Respeitar o colega, ter espirito de equipe e autoconfiança são algumas das habilidades a serem trabalhadas quando utilizado o vôlei como metodologia de ensino.

Fontes: https://www.portaleducacao.com.br/educacao-fisica/artigos/40930/voleibol-como-metodologias-de-ensino http://www.escolanacionaldeesportes.com.br/index.php/metodologia-de-ensino-voleibol


Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square