Murilo quebra o silêncio sobre a acusação de Doping

Texto adaptado de www.saidaderede.blogosfera.uol.com.br

Alguns dias depois da informação de doping* positivo ter sido divulgada pelo

jornal O Globo, Murilo Endres do vôlei quebrou o silêncio que mantinha desde então.

Em entrevista coletiva concedida no dia 16, em São Paulo, o jogador do SESI disse

estar com a consciência tranquila de quem não fez nada de errado e acrescentou ter

chamado os jornalistas para conversar porque “achou importante olhar no olho de

vocês”.

Foto de: Bruna Bittencourt

A atitude de Murilo foi, sem dúvida, muito nobre, pois tecnicamente o caso dele

sequer é considerado doping neste momento, o que só acontece depois da abertura

da amostra B, que ainda deve demorar pelo menos uma semana para sair o resultado.

Acompanhado pelo advogado Marcelo Franklin, Murilo não respondeu a todos

os questionamentos da imprensa, inclusive alguns importantes, como se acreditava

que o vazamento do resultado positivo antes do tempo pudesse ter relação com as

críticas públicas feitas à FIVB (Federação Internacional de Vôlei). Questionado por

Demetrio Vecchioli, do UOL, se todos os suplementos que toma já foram enviados

para análise a fim de constatar uma possível contaminação, ele olhou para o

advogado em busca de aprovação antes de responder que não.

De novidade mesmo, somente o fato de Murilo jamais ter sido procurado em

casa antes, nem mesmo quando viveu o auge, para fazer um teste-surpresa, como

ocorreu agora. Até então, o máximo que ocorria eram exames em hotéis ou durante os

treinos no CT de Saquarema.

A estratégia da defesa será a de que a substância detectada no corpo do

atleta, a furosemida, não acarreta em aumento de desempenho. Quem acompanha o

vôlei sabe que, nesta temporada, Murilo de fato não apresentou nenhuma melhora

técnica, o que poderia levantar suspeitas sobre o uso de substâncias proibidas. O

problema é que nem sempre os tribunais levam isso em consideração e a furosemida

também pode servir para outros fins, como facilitar o emagrecimento.

Independentemente disto, é fato que o jogador está bem assessorado: para

quem não sabe, Franklin já conseguiu evitar que nomes como Cesar Cielo (natação),

Ana Claudia Lemos (corredora) e a jogadora de vôlei de praia Maria Elisa, fossem

severamente punidos em casos semelhantes. Agora nos resta esperar o resultado

dessa confusão e torcer para que o caso de Murilo seja tratado com toda a seriedade

e respeito a que ele tem direito.

*Doping é o uso de drogas ou de métodos específicos que visam aumentar o desempenho de um atleta durante uma competição. O doping é proibido nos esportes porque, além de prejudicar a saúde, trata-se de uma conduta antiética do atleta ao proporcionar uma vantagem competitiva desleal em relação aos outros atletas.

#atleta #cbv #vôlei #voleibol #doping

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

aeradopeixinho@gmail.com | Tel. +55 11 961910330

© 2017 A Era do Peixinho

  • Branco Ícone Google+
  • White Facebook Icon
  • White Instagram Icon
  • White YouTube Icon